18 maio 2011

A pressa

não direi que a pressa
é uma pedra

não sou Sísifo
embora pareça

a pressa me acontece
mais como a montanha:
subir e descer

a pressa é um disfarce
um silêncio em máscaras

que carrego feliz

a pressa me acontece
no lugar da perda

15 comentários:

Leonardo B. disse...

[dos disfarces do mundo acontecidos pele, pele da palavra]

um abraço,

Leonardo B.

mara paulina arruda disse...

Palavras simples pesadas de significados. Beijos.

Multiethnic disse...

A pressa tem comido pelas beiradas meu juízo...

Elimacuxi disse...

Rubens,
Esqueço da pressa
quando passo por essa praça:
tuas palavras
- poças aprazíveis -
aprazam as outras tarefas.

Beijo do norte, envolvido em chuva forte.

PRECIOSA disse...

Como diz o ditado
"A PRESSA É A INIMIGA DA PERFEIÇÃO"
Amei o texto..
Alias gostei muito de seu blog
Te sigo, se permites aqui estarei sempre
Abraços
Preciosa Maria

Adoçante disse...

Blog Jóia rara!!...
Vem tomar um café com 'noiis'...da madrugada!

Adoçante disse...

Blog Jóia rara!!...
Vem tomar um café com 'noiis'...da madrugada!

Adoçante disse...

Andamos...
até chegar até aqui
e de longe vimos que esse seria o lugar...mas a solidão peregrina, minha e do meu companheiro já queria dar lugar a um descanso..
Era noite e a luz víamos de longe...
Paramos..
Apeei..
Soltei o relho
e Desincilhei
Adorei esse lugar!

Adoçante

Carla Fernanda disse...

Bom dia!
Passando para uma visita de final de semana.
Saudações!
Carla

mara paulina arruda disse...

Oi Rubens. Quero comentar da crônica desta semana que fala da pressa e da faxina. Gosto muito quando um autor mistura poesia e prosa que foi o que você fez, nesta crônica primeira de junho. Um abraço e um beijo. Mara Paulina.

Luciano disse...

O certo é não ter pressa, pois quem tem pressa se apressa ao fim.
Minhas Canções Encaixotadas

Carla Fernanda disse...

Bem vindo!

João Ludugero disse...

Olá, bom dia!
Passe lá no meu blog de Poesias.
Se gostar e quiser me seguir, vou adorar. Já te sigo! Gostei do seu blog. Mega abraço, João, poeta.
www.ludugero.blogspot.com
Até mais!
Felicidades!!!

Ph disse...

A pressa é essencial, não é?
Abraços

Gustavo Hermes Soares disse...

Pedra e Pressa não sabem coexistir.
Para ser Sísifo é preciso ter paciência. Para ser Sísifo é preciso apenas ser.