05 agosto 2009

Inspirado em fatos reais 2

nesta manhã
tudo apareceu azul
na minha vida-jacaré

eu tão acostumado a cinzas
e demais escuros sem ordem

enfeitei-me
azulescente

e agradeci
por uma morte tão linda



eis a triste inspiração

7 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

a tristeza na notícia deu. para não variar. um belíssimo "desabafo".




como sempre tão bom estar aqui...R.



enorme abraço.

Anônimo disse...

para ti mi amor en amarillo

ana

ítalo puccini disse...

lindíssimo poema.
e tristíssimo também.

admiro tua sensibilidade para a poesia.

abraço.

Carlos Alberto disse...

Daquilo que não se pode fugir.

CeciLia disse...

Azulesci.

E é doce entristecer de poema assim.

Abraço, poeta.

intervalo disse...

É um prazer enorme vir aqui ler que escreve,infelizmente nos deparamos em nosso cotidiano com coisas que ferem alma.Lindo final de tarde pra vc.beijoss com carinho.Lia...

Priscila Lopes disse...

é de uma intensidade acalmada este.