16 junho 2008

Decisão

É agora:
a decisão certa pela primeira e última vez.
Pulou do 15º andar.

5 comentários:

Bruno Bertacini disse...

para satisfazer os seus desejos sadomasoquistas!

claudia disse...

ah...ninguém merece...

nem em conto de blog

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Antes tarde do que nunca.

Fátima Venutti disse...

Depois dessa paulada, melhor ler o texto abaixo:

PELA JANELA

Fátima Venutti


Hoje,
Silencio as sementes corcundas
Aradas na solidão deste meu tempo.

Pela janela
Regresso ao sentir passar a vida
No vôo equivocado de uma borboleta azul.
Miro os caminhos transpassados
Na vida de outras vidas
Solitárias, apressadas
E a escorrer, vidro afora
O sangue da derrota.
Contrapartida.

Fecho os olhos,
Ainda miro meu exílio,
Rebuscado e afoito
A saltar do 14º andar.
Janela adentro,
Vida afora.
Minha solidão esbarra,
incontida,
No chafariz da morte
E a bailar os saltos desta sina,
Janela adentro
Meu exílio suplica.

Num arroto
Amordaço o vidro da discórdia
Centralizando o eixo da poesia
Num grito arrebatado:

Deixem o vento
Invadir minha morada!

Pela rua,
Vidas suadas passam,
Uma borboleta azul pousa, sangrando
Na corda pendurada do suicida.
Dia seguinte,
O jornal anuncia
mais duas mortes na BR 101.

Corso disse...

grande micro...
sempre com um fundo de humor...
pois é...não sei explicar, só que é uma urgência às vezes....tava em dúvida entre Corso e Metsavaht...mas meu nome de batismo é Ramasi...
posso devolver, e com justiça, dizendo que o que vc faz bastante sensível, o que é um feito enorme pelo estilo que vc escreve...tava pensando esses dias ainda sobre isso, quando li o texto de junho 10...com poucas palavras, ou vc acerta na mosca ou erra feio, sem muito meio termo. grande mata moscas, vc. rsrs
bom, de qqr maneira, to sempre aih...

abrasssssssss