31 julho 2006

oração para antes do sono

Pailavra terra e pedra
Pailivra-me de todos males
Pailouva-me vértice de caos
Pailava-me sujeira e alma

Agora e na hora do poema

Amém.

Rubens

5 comentários:

C.S.A. disse...

Assim seja...
Ver se resulta :)

douglas D. disse...

pailivrai-me de toda verdade,
além.

Claudio Eugenio Luz disse...

Todo encanto da palvra em uma oração digna do nome: Pai.

hábraços

anjo disse...

aah! perfeito!
pailivra-me de explicaçoes. apenas sentir quero **

Í.ta

Ivã Coelho disse...

Louvor de todo-dia-toda-hora, amém, digo, ainda bem.

Muito bem, Cunha.

Abçs, poetamigo.