08 março 2011

a testa do homem
é um texto de fugas

a testa do homem
testa todas as idades

permanente contexto

estrada e saída
entrada e vida

a testa do homem
é uma verdade óssea

9 comentários:

Ph disse...

"verdade óssea", não encontrei expressão melhor!
abraços

Aqueiva disse...

Salve, Rubens!
Acho que não chegou a ver msg que postei em sua publicação anterior, do dia 16-02...
Um forte abraço,

Liza disse...

É nela também que alguns carregam um indesejável enfeite. Aquele que só se vê no espelho se tiver coragem, caso contrário podem aparecer vários dedos apontando, insistindo que tem, mas o portador ignora porque não quer ver rsrsrsrs

Um abraço da sua fã!

Í.ta** disse...

um texto de fugas.

perfeito!

abraços.

Maeles Geisler disse...

saudade aqui também,

te espero. uma hora canso e vou lá te ver.

acredito que até a Hilda foi ontem te ver e ao final te aplaudiu.
e os meus aplausos tu tens sempre.
parabéns.

beijos

Cássio Amaral disse...

o papel do homem
virou
papelão.

Cássio Amaral.

Bons versos aqui Rubens.

Parabéns pelo mestrado. Sucesso e tudo de bom, que você merece.

Elimacuxi disse...

Acehi muito oportuno o poema publicado em 08 de março, pois, a despeito do que pretendem essas homenagens ao gênero feminino, creio mesmo que a testa de um homem
"verdade óssea"
em nada difere
da testa de outro homem
mesmo que esse outro
seja uma mulher.
As palavras afiadas que encontro por aqui cortam feito faca o tédio e cansaço
beijo Rubens,

dani carrara disse...

"a veradde óssea"
em ruga meu pensamento...

seria bom ler poesia sem dia sem hora ...como são marcadas aqui nos blogs de poesias.

um beijão.

Alex Pinheiro disse...

Ou se esconde com o cabelo ou escolhe suas "estradas e saídas".

Grande Rubens!

Abraços e introspectivas invenções!