10 abril 2007

vítima
sobre a cabeça
coroa de ostras
mar antes da perda

velho
ressoam marés

barcaças de fúria e ferrugem
no tempo em que o sangue
sabia o caminho das fervuras

Rubens da Cunha



















Ilustração: Chris Hurst

4 comentários:

Daniela Mendes disse...

Dois verbos apenas? Por isso é uma casa de paragens

[jb] disse...

a imagem pra mim não se mostrou tão nítida.(talvez eu não seja um leitor-modelo)

mas estes substantivos
(cabeça, ostras, perda, ferrugem, sangue, fervuras)
me pareceram mais significativos do que nunca.
tuas palavras estão vivas (sangrando...)

abraço

[jb]

isabel mendes ferreira disse...

e----------------------


ainda bem que eu sei este caminho---
aqui.








fervente.








bjo.

A Gata por um Fio disse...

no tempo em que o sangue sabia o caminho das fervuras...lindo...associei à minha adolescência...o ímpeto da personalidade, hoje...calma...bjaum