09 outubro 2006

porque também é preciso ver
é consiso respirar
dia tanto
tato de sol
cozendo sombras
espasmos

segue, criança, a vida não é escada nem esmola

5 comentários:

Luzzsh disse...

Oi Rubens,
Há um tempinho não passava por aqui...gostei muito dos últimos poemas. A águia então!Ah....belo...
Bjs.

marcelo d´ávila disse...

Salve, mestre Rubens. Recebeste meu mail com o convite?
Abraço!

disse...

Embora subamos altos nos sonhos e mendiguemos por mais tempo dela .. tens razão ... a vida não é esmola nem escada

Vera disse...

postei um 'filho seu' (feitodepalavras) no serdespanto. um abraço

Lia Noronha disse...

São as migalhas de esperança que nos fazem seguir em frente...Bjus mil