26 maio 2006

Sonâmbulo

Quando eu acordar e me perceber pedra atirada em pássaros, aceitarei, acertarei meu destino?

13 comentários:

paulo henriquegomes vigu disse...

faço um passeio noturno e na Casa de Paragens devo pousar minha nave por um tempo ... há muito o que ler aqui.
Parabéns - Abraços Poéticos

Vera disse...

de/ambulando pelo son(h)o. acordar por dentro do son(h)o

Claudio Eugenio Luz disse...

é é para nós que você atira as palavras? Oh, meu caro, frase escrita para acertar em cheio nossos passos cada dia mais incertos.

hábraços

Celso disse...

talvez qdo eu souber exatamente o q é acordar...

sds

Valéria disse...

eu tenho aprendido que pedras não se transformam em pássaros...por mais que a gente deseje e tente...
um beijo

Lia Noronha disse...

...ou dormirei novamente!Fugindo da realidade.
Adorei sua Casa...maravilhosa,voltarei sempre!
Abraços carinhosos diretamente do meu Cotidiano.

Valéria disse...

voltei e li novamente...pq eu li daquela forma que li anteriormente? que coisa mais doida! deve ser um destino triste esse de ser pedra atirada em pássaros... tomara que vc não aceite.
um beijo

Fabio Rocha disse...

Belo... Lembrou Quintana. Abraços

Clauky Saba disse...

adorei a brincadeira com "aceitarei / acertarei"

bjs

Clauky
ps: obrigada pela visita

Amers[marcas]em Cabochard disse...

invejo os poetas que conseguem descrever a liberdade de ser pássaros e a possibilidade de ser lobos...bjus

Dona Estultícia disse...

Quem sabe...
Bjos.

Dona Estultícia disse...

Quem sabe...
Bjos.

Anônimo disse...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»