05 abril 2006

Poeta na rede

Beth Candio está na rede.
Trata-se de uma poeta bastante intensa e técnica. Qualidades raras e essenciais aos fazedores do ofício de escrever.

o site da moça é http://www.bethcandio.com

amostra breve

Deciframento de um Enigma emTrês Atos

I
Não me esfinge de enigmas
teu surgimento abrupto de pomba
enluarando mantras minhas noites

Tu antes me decifras onde crostas
Tu antes me devoras onde cravas

II
Não me abisma de quedas
teu desnudar incólume de fera
engravidando sendas meus quereres

Tu antes me resgatas onde nuncas
Tu antes me resguardas onde nadas

III
Não me alpendra de chaves
teu despudor notívago de macho
desencrustando orgias minhas carnes

Tu antes me despertas onde grudas
Tu antes me libertas onde grades

Maria Elizabeth Candio

9 comentários:

Jura Arruda disse...

Que bela composição você nos trouxe, Rubens. A "substantivação" dos verbos e a verbalização dos substantivos... Que bela poetisa. Que belo achado. Abraços.

Leila Silva disse...

Rubens,
Encontrei a Beth no balaio do Trevisan, acho que era este poema aí q. estava sendo analisado. Vou visitar a página q. vc indica.
Abraços

Lucimar Justino disse...

Caro Rubens,

estou precisando de uns poemas assim, ando desapoetado.

Abraços!

dora disse...

Foram o Chet Baker e a literatura infantil que me fizeram chegar. Gostei muito de parar nesta casa. Voltarei :)

Daisy Melo disse...

Meu Deus, Rubens...
que coisa bonita...
(mas que poeta, hein? de babar)

passei aqui pra brincar com voce e agradecer a visita... fiquei até sem palavras...

enfim..pra nao perder a viagem..."o sul is so far away..."

ainda não comecei a pós...mas to envolvida sim, com crianças..rs (oppsss!! no bom sentido!!! alfabetizando!!) uma experiencia única, com certeza...

mas deixo o blog muito tempo parado, que é pra ver se meus "verdadeiros amigos" passam por lá e reclamam...rs

adoro uma bronca!

vou atualizar..juro...este fim-de-semana..
mil beijos
Day

inquieta disse...

Delicia, Rubens, encontrar mminha amiga Beth aqui. Sabe que ela tb está naquele balaio? Esse poema foi balaiado no Trevi. É lindo, na época tb me apaixonei e botei no Rose. Beijão

Fabio Rocha disse...

Belo mesmo! Abraços

Leônidas Arruda disse...

Rubens, os versos dessa Maria arrancam pica-pau do oco e torcem os neurônios da gento. Eta poeta arretada.

Anônimo disse...

Nice! Where you get this guestbook? I want the same script.. Awesome content. thankyou.
»