18 janeiro 2006

2 comentários:

relampago disse...

e eu não tenho culpa de gostar de aqui vir. em silêncio. sempre. às vezes em branco. mas sempre presença.

b.e.i.j.o.

um post muito "bonito" Rubens.

Celso disse...

a culpa, esta senhora amarga que nos mata docemente.

saudações