24 junho 2008

seqüencia 2 - a nudez

a nudez
não serve ao calabouço
dos entregues

a nudez
se neblina e some
sumo no livro sagrado

a nudez
serva serena da vergonha
se disfarça em organza

e desaparece - defunta vestida - entre árvores e silêncio

3 comentários:

Corso disse...

bah...
ótima sequência...todos os...
esse final, particular, seguindo a tradição rubens, jab, jab, jab e direto sem dó..rs

ps: oráculo google...muito boa..rsrs

abrassssssssssssss

Í.ta** disse...

a nudez da pele de ser humano.

muito boa a sequência,
como sempre.

e boa sorte como professor :)

fiquei feliz com teu comentário, ao que me pareceu, também feliz.

abraço.

Suzana Mafra disse...

Rubens









tanta beleza

emudeceu-me