14 agosto 2006

Da série - os animais no poeta - Coral

todo homem é um
mecanismo de defesa
defeso natural
coral atravessado na garganta

quanto mais tenha recebido
o gozo-soco de fêmeas resolutas
mais virgem dentro
límpido e oco

todo homem é simples decifrá-lo
Rubens da Cunha


3 comentários:

Dona Estultícia disse...

Todo homem é náufrago, meu caro. Bjos.

Ana Guimarães disse...

Será? (simples decifrá-lo)
Beijo

Anônimo disse...

Caro amigo,

Seu blogue está muito bonito e cheio de lindos poemas.

Parabéns.

UK